quarta-feira, 30 de setembro de 2009

~~º~~ O tempo ~~º~~


O vento toca o meu rosto,

Lembrando-se que o tempo se vai com ele.

Levando em suas asas os meus dias,

Desta vida passageira.

Minhas certezas,meus conceitos,

Minhas virtudes,meus defeitos,

Nada pode detê-lo...



O tempo se vai,

Mas algo eu sempre guardarei...

O teu amor,que um dia eu encontrei.

Os meus sonhos,

O vento não pode levar...



A esperança,

Encontrei no teu olhar...

Os meus sonhos,

A areia não vai enterrar,

Porque a vida recebi ao te encontrar...

Nos teus braços não importa o tempo,

Só existe o momento de sonhar.

20 comentários:

Daniel Savio disse...

Amor é algo atemporal, mas concordo que estando longe de quem a gente amada fica um tempo sem graça...

Fique com Deus, menina Princesa.
Um abraço.

Sonia Schmorantz disse...

Tempo e vento levam mesmo muita coisa, mas não conseguem levar aquilo que fica abrigado no coração da gente...
beijos

silvo disse...

Me gusta que el tiempo no pueda con el amor, con los sentimientos, son más poderosos que él, beijinos

Alvaro Oliveira disse...

Bom dia Princesa

Realmente, nossos dias são o tempo que o vento leva!
Mas o amor, os sonhos, o sentimento
permanecem, porque o tempo não leva, não apaga.
Adorei este Tempo.

Beijinhos

Alvaro

Gabi disse...

O tempo realmente pode levar muito, muito mesmo... mas as nosas memóras, o que fica dentro do nosso coração, nem o tempo, nem o vento conseguem levar. Lindo.

Anjo De Cor disse...

O tempo eterno companheiro... ;)
Bonito poema ;)
Beijinhos*

(Carlos Soares) disse...

Princesa está cada dia melhor.Lindo.beijos

Andradarte disse...

Que os sonhos se concretizem.
QUE O TEMPO NÃO FALTE.
Beijo

comunicadoras disse...

O Tempo é o nosso grande aliado..; dá-nos tempo para viver..., tempo para curar as nossas feridas..., tempo para recordar os momentos felizes..; tempo para parar, reflectir, sonhar..., fazer projectos; há tempo para tudo...; mas estamos também sempre a reclamar dele..; porque corre demais..., porque é lento..., porque demora a chegar. Mas temos que nos lembrar que o tempo tem o seu tempo e também ele precisa de tempo. Um beijinho e parabéns pelo teu tempo.
Emília

Emília

oscaralberto disse...

el amor no sabe de tiempos ni distancias, solo quiere ser amor..

un beso grande amiga
que pases buen día

Sandra disse...

VIM AGRADECER OS SEUS CARINHOS EM MEUS BLOGS.
TEM SELINHO PARA VC. E UMA LINDA CARTINHA EM MEUS MIMOS.
PASSE LÁ TE ESPERO.
UM LINDO DIA PARA VC. MINHA LINDA PRINCESA.
COM MUITO CARINHO
SANDRA

Joéliton dos Santos disse...

Muito lindo esse texto, viu.

Tenha um bom dia!
Abraços

Adolfo Payés disse...

el amor lo es todo. cuando se ama.. el tiempo es efímero. mi poeta..

Un beso siempre es un gusto leerte.

Un abrazo con mis
Saludos fraternos de siempre...

angela disse...

Especialmente belo este poema
beijos

FOTOS-SUSY disse...

OLA PRINCESA, MAGNIFICO POEMA...QUE TENHAS UM EXCELENTE DIA AMIGA!!!
BEIJOS DE CARINHO,


SUSY

manuel marques disse...

"Se você não se atrasar demais, posso te esperar por toda a minha vida."

Abraço.

caminante disse...

En efecto, el tiempo pasa pero se pueden guardar los sueños.
Que el viento los tariga siempre y nunca se los lleve.

Esta noche, me identifico mucho con tu poema
Gracias
Un beso

alegria de viver disse...

Olá querida
Lindo seu poema, só o tempo define a nossa vida, e com ele a aprendizagem.
Com carinho BJS.

Aqui - Ali - Acolá disse...

Olá amiga Princesa, bom dia:

Um certo calor por vezes mais fraco vai correndo por aqui com uma brisa bem suave outras vezes, o calor ainda vai sendo forte, coisas do tempo que tudo tem mudado.

E falando sobre o Tempo, ele se encaixa no título deste teu belo post
onde destaco esta bela passagem:

O tempo se vai,

Mas algo eu sempre guardarei...

O teu amor,que um dia eu encontrei.

Os meus sonhos,

O vento não pode levar...


É certo que aquilo que se guarda com amor dentro de nós, nada o pode levar, os sentimentos de uma pessoa falam mais alto quando o amor deles fazem parte.

Quero agradecer-te o teu apoio deixado no meu blog referente ao triste comentário lá deixado por um parasita que não conheço de parte nenhuma e, que até hoje nunca tal coisa me tinha caído no meu blog, pois não sei qual o interesse de certa gente ter este prazer de entrar nos blogs de cada pessoa só com o intuito de maldade como o fez este porco suíno.

Sei bem que quando uma pessoa não tem estofo para criação própria de certas coisas, desata a criticar para o lado do mal sobre o trabalho dos outros.

Uma ofensa tão reles e maldosa como este porco fez aos poetas de todo o mundo é coisa que não se tolera.

Como eu, existem milhões de pessoas no mundo que adoram a poesia que é o centro vital da vida de uma pessoa mas, quem vive num mundo de cobardia, de tristeza e de fraca cabeça, só pode falar assim o que para mim só pode ser de um Esquizofrénico sem cura onde seu cérebro é de baixa ralé.

Mas pronto, de agora em diante, no meu blog passará a haver aquilo que eu não queria fazer, (a moderação de comentários, onde nele só é publicado aquilo que pessoas de bem comentem respeitosamente).

Bjos, felicidades te desejo e que o calor não te apoquente por aí, por cá ainda aparece forte dia sim dia não.

Alma Mateos Taborda disse...

EL MAMOR ES MÁS PODEROSO QUE EL TIEMPO...POR ESO PUEDE SORTEARLO. bELLO POEMA.UN ABRAZO