terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

~~-~~ Quero perder-me ~~-~~


Quero perder-me indo ao teu encontro,
de não saber de novo me encontrar.
Dizer te amo tanto, tanto e tanto,
o quanto humano seja alguém amar.

Quero perder o senso e a compostura
e por insano, só por ti, passar.
Quero correr o risco da aventura,
como os amantes correm sem pensar.

Quero gritar teu nome em todo canto,
que de tão alto cesse o meu gritar.
Quero sorrir ao te mostrar meu pranto,
que em sorriso fez-se do chorar.

Quero tocar-te como toca ao vento
tuas palavras, mesmo sem falar.
Pôr fim à ânsia que se fez tormento,
em todo instante e em qualquer lugar.

Quero dizer e repetidamente
dizer de novo e dizer a voltar:
que a dor que eu tenho cresce
intensamente,
por não te ter e por tanto te amar..
.

2 comentários:

comunicadoras disse...

Lindo, Princesa, como sempre! Quando amamos não nos cansamos de mostrar esse amor, de gritar aos quatro ventos esse sentimento; às vezes não é ouvido esse nosso grito, mas, continua-se...um dia alguém o escutará. Um beijinho e até breve, amiga.
Emília

Abstrata disse...

Como pode doer tanto não é mesmo?
mas ...é a vida


beijos