terça-feira, 17 de novembro de 2009

~~º~~ AMAR SEMPRE ~~º~~


Queria tanto trazer o meu coração alegre
E conhecer o fogo abrasador da paixão,
Mas parece que ele agora só faz greve
E me devolve o eco absurdo da solidão

Mergulhada vivo na dúvica e incerteza
E tenho medo de perder a Esperança,
Mas no fundo de mim guardo a certeza
Que um novo amor me dará confiança

Sei que um dia descobrirei a felicidade
E de alma limpa entrarei no paraíso
Onde não sentirei o peso da saudade

E poderei beber o exilir que eu preciso
Para viajar revigorado pela eternidade,
Mas antes quero amar até perder o juizo

10 comentários:

silvo disse...

Precioso poema, el amor es sentimiento noble, fuerte, sólido y desbordante, quizás no parezca juicioso pero seguramente lo es , y mucho, dado el peligro de quedarse sin juicio cuando no está presente, beijinhos Princesa

Adolfo Payés disse...

Bello disfrutar tus post.. en este mundo de palabras que acarician el alma..

Un beso


Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos

poetaeusou . . . disse...

*
amiga
,
um belo soneto,
sem greves
e com quereres . . .
,
conchinhas,
,
*

Pelos caminhos da vida. disse...

Vim deixar um gde abraço pra vc amiga,e que seu dia seja cheio de paz,amor.

beijooo.

Agulheta disse...

Princesa! Belos os sentimentos descritos no poema,e gostei muito de ler, a imagem muito bela.
Beijinho
Lisa

manuel marques disse...

Eu juro que hei-de amar sempre.

Beijo querida amiga.

Alvaro Oliveira disse...

OLÁ PRINCESA

QUE LINDO SONETO!
MUITO SENRIDO E BEM ESCRITO!
ADOREI.

BEIJINHOS

ALVARO

Andradarte disse...

Que loucura Princesa...
Vá com calma...
Jinhos

M. Lourdes disse...

Lindo soneto, linda imagem. É sempre bom passar por aqui.
Beijinhos

Graça disse...

Tudo isso, Princesa, será... gostei do soneto.

Beijo meu