quarta-feira, 4 de novembro de 2009

~~º~~ Sinto falta de ti... ~~º~~


Sinto falta de ti...

A noite chegou de mansinho

E trouxe com ela mil desejos

Mil vontades, mil ensejos

De ternura e de carinho

Sinto falta de ti...

Chegou a hora de dormir

Deito-me na cama vazia

Estendo a mão  e sinto-a fria

Nao te vou poder sentir

Sinto falta de ti...

Os beijos que não terei

Mimos, afagos calorosos

E  abraços poderosos

Mumurios que nao ouvirei

Sinto falta de ti...

Olho em vão a almofada

Sei que continuará vazia

Nua, queda e fria

E jamais será usada

Sinto falta de ti...

Aperto-me num abraço

Enrolo-me em mim

E fico então assim

No meu próprio regaço

Sinto falta de ti...

Nunca te terei meu amor

Es parte da imaginação

De alguém com um coração

Imerso em sonhos de amor

Sinto falta de ti...

21 comentários:

Pena disse...

Princesinha linda.
Que encanto de poema.
Sublime do maravilhar de si.
Deslumbrante e afectivo.
Excelente, amiguinha pura e bela.
Beijinhos mil.
Sempre a respeitá-la e a o que faz com brio e génio poéticos, repletos de enternecimento.

pena

Fabuloso. Adorei.
Bem-Haja, extraordinária poetiza de sonho.
Não fique triste, POR FAVOR.
Viva. Ame. Com intensidade e fervor.

Adolfo Payés disse...

Un poema que nos entregas.. precioso.. muy sentido poeta..

Un beso



Un abrazo
Saludos fraternos.

caminante disse...

Aunque pase la noche, permanecen los sueños.
Per, sí, la soledad y la nostalgia se sienten más.
Um beijo

silvo disse...

Preciosamente expresado los dentimientos de soledad sin quien amas, me gusra, um beijo

Graça Pereira disse...

Ás vezes, sente-se falta... do
próprio amor que nos preencheu uma vida ou que queremos que ainda chegue ao nosso caminho. Bonito poema.
Um beijo
Graça

angela disse...

Que sentir mais triste e conformado Princesa.
beijos

Andradarte disse...

Ansiedade permanente...
Bonito Poema
Beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia.

Muita paz,
muita alegria,
muito amor e
muita saúde!

beijooo

comunicadoras disse...

O amor faz falta...e a quem amar mais falta faz; chega a noite e na solidão que lhe é própria mais se sente essa falta. Lindo como sempre. Parabéns! Um beijinho e até breve
Emília

oscaralberto disse...

que dificil conciliar el sueño en esas noches de vacíos, las horas pasan en la oscuridad y los pensamientos mueren a dos metros de distancia..

un beso amiga
que tengas lindo día
Oscar

FOTOS-SUSY disse...

OLA PRINCESA, BELO POEMA, COM MUITO SENTIMENTO...UMA OPTIMA TARDE, COM MUITO AMOR E PAZ!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

SILVIA disse...

Linda Princesa... sólo cuando añoramos, cuando echamos de menos al ser amado, nos damos cuenta realmente de cuanto le amamos. Y eso, aunque tal vez doloroso, es bello.
Precioso poema mi amiga.
Mil besitos!!!

Victor Gil disse...

Olá Princesa.
Minha querida vizinha.
Este poema é muito profundo amiga. Sei que isso tudo não é ficção. Eu por vezes também me sinto assim. Nós os poetas, só inventamos as palavras certas, porque os sentimentos vivem mesmo cá por dentro, não é?
Beijos amiga
Victor Gil

O Profeta disse...

Patrícia Telles

(Carlos Soares) disse...

Senti falta de um travesseiro agora.Não.Dois.Tem que ter alguém do lado.Parabéns.Beijos

alegria de viver disse...

Olá querida
Sentimentos de ternura escritos num belo poema.
Com carinho BJS.

poetaeusou . . . disse...

*
a ternura do amor,
parabens,
,
conchinhas, deixo,
,
*

PCR disse...

Lindo poema...

A saudade pode ser muito dolorosa, mas os reencontros compensam...

bjinhos

Canduxa disse...

Princesa,

Lindo poema de amor.

Um beijinho com muita luz

Daniel Savio disse...

Mas mesmo que que o amado esteja fora do nosso alcance, ele ainda continua fazendo a tua presença no nosso coração...

Poesia bonita.

Fique com Deus, menina Princesa.
Um abraço.

IVANCEZAR disse...

Nada mais intenso
do que manifestar
esse sentimento nobre
a saudade,
ainda que ela fique
para sempre !