quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

~~º~~ Hoje eu vivo ~~º~~


Hoje eu vivo,
pelo sol
pela lua
pela natureza
pelo sorriso de uma criança
e por um beijo de paixão
por um afecto de um velhinho
ou por um aperto de uma mão
hoje eu vivo
pelo cantar dos passarinhos
pelo despertar do amor
e pelo afecto e dedicação
que é para eu viver
fora desta fria solidão
hoje eu vivo
pela primeira vez
ao pôr as máguas e as tristezas para trás
e procurei as alegrias
que me fazem acreditar
que tudo o que eu aprendi
afinal são elas que me fazem caminhar.

6 comentários:

Andradarte disse...

Com essa prática...terá um grande
2011...
Beijo

HSLO disse...

Bonitas palavras.

abraços
de luz e paz.

Giloca disse...

Bonito poema... quase que escreveria o mesmo.
Tenta escrever mais intenso ainda. Deixa-te ir quando escreveres.
Escreve o que te parecer melhor e depois fazes o "arranjo". Assim tenho escrito os poemas de que mais gosto.
De um homem que gosta do mar onde vais evoluindo
Bjs
Giloca

mARa disse...

...é vivendo que aprendemos a capacidade infinita de amar e perdoar...

bjo!

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

E é assim que todos deveríamos procurar viver; ter tempo para apreciar as pequeninas coisas belas que nos aparecem no dia a dia e que muitas vezes por causa das correrias nos passam ao lado. Os pequenos gestos são também esquecidos pela dita falta de tempo.Ainda vamos a tempo de aprender. Um beijinho e parabéns pelo poema. Fica bem!
Emília

manuel marques disse...

O maior problema e o único que nos deve preocupar é vivermos felizes .

Um 2011 de amor ,paz e saúde.

Beijinho minha querida.