quinta-feira, 20 de agosto de 2009

~~º~~ Hoje ~~º~~


Hoje!...
.. abro uma página em branco onde poderia escrever tudo.
Mas não quero escrever nada.
Hoje, mais do que isso, preciso de ler.
Ler-vos.
Ver-me pelos vossos olhos.
Àqueles que me vêm sem saber quem sou,
sem me conhecerem o rosto ou a voz. 
Ou mesmo os outros, os que conhecem como pareço. 
Pelo bom ou pelo mau que vos faço sentir,
ou que fiz, em algum momento.
Pelas confissões,
pelos comentários ou por cartinhas pessoais. 

É só porque tenho uma página inteira em branco.
E não me apetece.
Porque hoje me parece que este lugar já não é meu,
já não me pertence.
Por hoje. 
É por isso que vos quero ler, em vez de escrever...
Talvez porque precise.
Talvez porque seja hora.
Ou apenas porque sim.

22 comentários:

EDUARDO POISL disse...

Hoje estou passando para ler as novidades, lindo poema como sempre.
Abraços

silvo disse...

Es una página en blanco explucada con mucha belleza, quizás conozcamos tu burn intrtiot mrjot dr lo que crees, al menos el positivismo que aportas, gracias por ello, beijinhos

Andresa disse...

Sempre temos uma pagima em branco....

Lindo

Abraços
Andresa Araujo

Adolfo Payés disse...

Mi querida princesa.. siempre te loe y te siento en mi ser con tus poemas..


Un abrazo
Saludos fraternos
Besos muchos preciosa

Fatima disse...

"Nada vale mais do que o dia de hoje. Você não pode reviver o ontem. O amanhã ainda está além do seu alcance." (Goethe)
Bjs querida

Majoli disse...

Bom dia Princesa.
Que lindo o seu "Hoje", todos nós temos que aprender a viver assim.
Amei querida.
Desculpe minha ausência.

Tenha um lindo dia.

Beijos.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Há dias assim..., alturas em que não nos apetece falar..., escutar.., olhar; precisamo daquela pessoa que nos saiba escutar.., que consiga enxergar-nos e falar-nos aquilo que precisamos ouvir..., que nos entenda e que nos deixe, hoje sermos nós as leitoras.., as ouvintes. Com é bom em certos momentos só lermos.., só ouvirmos.., só sermos acarinhadas. Um beijinho e espero que consigas isso tudo hoje e sempre que precisares. Até breve e parabéns.Está lindo, como sempre.
Emília

gaivota disse...

talvez porque hoje!
talvez porque sim...
princesa!
beijinhos

mimbre disse...

Hola Princesa...
Hermosa reflexion, un hoja en blanco..Así es cada uno de nuestros días, somos nosotros los que le damos color y calor al la vida, con cosas tan lindas como la que publica hoy, Tú¡¡
Un abrazo enorme
Osvaldo

Everson Russo disse...

Lindo poema como sempre, muitas vezes precisamos deixar que as pessoas nos escrevam linhas tambem, para nos entendermoe e entender tambem a elas...acho lindo seu versejar...beijos carinhosos e um lindo dia pra ti...

Blue disse...

E agora?
Eu vim aquiu ler,
ao invés de escrever!

Beijos

(Carlos Soares) disse...

Todos os dias acordamos em branco, para escrever uma nova página. A vida nos dá, nos pede e nos manda fazer isso. São as oporrtunidades que a gente tem de melhorar sempre. Você com certeza, nesse poema,começou a escrever mais um lindo dia. Eu também quero ler você.bjs

Alvaro Oliveira disse...

Bom dia PRINCESINHA

Hohe, que a página estava em branco, eu tinha de adormecer para despertar tão tarde e encontrar a páginajá muito ocupada. Mas vou
aproveitar o espaço que ainda existe, rsrs.
´
Querida amiga, há dias que sentimos a necessidade de ler, como que ouvindo aqueles que terão algo a dizer-nos...e então dispomo-nos e entregamo-nos a ler uma palavra amiga, carinhosa ou mesmo
o sentir de um ombro amigo.
Então, aqui me tem, estendendo-lhe
minha mão com um carinho, meu ombro amigo, uma palavra de conforto, de apoio, um doce afecto,
para ajudá-la neste e em todos os dias que vão correndo, para que se sinta feliz, sabendo de que há sempre um amigo nas horas mais dificéis, para ajudar a ultrapassar momentos menos bons.
Sinta alegria e deixe transparecer
essa alegria sentida para que os amigos possam sentir que foram úteis. Apesar de não nos vermos, não nos ouvirmos, sinto como estando a falar pessoalmente.
Através da poesia que leio, vou
analisando e conhecendo aqueles que me rodeiam neste mundo virtual,
permitindo-me saber quando estão bem ou mal.Viva a vida, sabe que ela composta de momentos agradáveis e momentos dificéis,
pois só assim poderemos avaliar os verdadeiros amigos, aqueles que estão connosco e sempre atentos
às nossas carências de uma amizade
salutar, de um conorto ou um abraço
Então lhe deixo o meu abraço, o meu
carinho e todo o meu apoio.
Muita força, muita coragem, vontade
de vencer e diga sempre... viva a
vida! Quero sentir que minhas palavras valeram apena.

Beijinhos e mais um abraço forte
e carinhoso.

Alvaro

Alvaro Oliveira disse...

só agora vi, quase completava a página!,,,rsrs

Beijos
Alvaro

A.S. disse...

Querida Princesa!

Todos temos uma página em branco...
É nela que escrevo tudo quanto precisava dizer e não digo!
Tudo quanto precisava sentir e não sinto!

Faz isso... sentirás a doce emoção de libertares tudo quanto precisa ser liberto!!!

Ternos beijos...

angela disse...

Princesa
Sempre nos traz poemas doces e amorosos, não há revolta ou raiva neles, nem desespero, as vezes muita saudades e um toque de melancolia.
Imagino-a assim doce e sensivel e talvez as vezes não consiga se proteger de algumas maldades.
É muito bom te-la por perto.
beijos

Jacarée disse...

Hoje!
... e sempre temos páginas em branco, onde podemos descrever a nossa dor, tristeza,mágoa, tormento, enganos e desanganos...
As alegrias o bem-estar...

Tudo é viver, neste mundo BEM E MAL
A vida é saber escolher e saber viver
Somos presentiados de DÁDIVAS Ilusões
Solidão
Alegrias
Escrever,ler, falar, sorrir, chorar...
Amar e ser amado...
Pensar,repensar, ouvir e ser ouvido
Deixar abrir uma janela quando a porta se fecha.
No entanto temos que recomeçar tudo de novo.

Amiga desejo que o arco-ires te apareça e venha colorir os teus dias menos bons.

Um grande beijinho

HSLO disse...

Hoje eu quero amar e ser amado.
Hoje eu passei por aqui pra conferir esse belo poema.


abraços


Hugo

Daniel Savio disse...

Imagino que o texto se refira uma momento reflexivo, na qual você rever os teus atos...

Também há a possibilidade de estar lendo um folha em branco para planejar os seus próximos passos...

Mas bom texto menina Princesa.

Fique com Deus, menina.
Um abraço.

Zel disse...

Nosso amor é complicado. Nos amamos, nos devoramos, mas não nos pertencemos.

As vezes juntos, outras vezes separados, alguns momentos colados, a maior parte do tempo distantes.

Eu quero, ela quer, ela não pode, eu não devo, mesmo assim insisto. Pois desistir dela é desistir da vida.

Nossa história, é um ir e vir. Horas estou no paraíso, outras horas estou em tormento.

Mas eu a amo, deixar de amá-la não é uma opção.

Calvin e Susie

Pensador disse...

Hoje quero abrir meu coração
Dizer-lhe em público, alto e bom som
Que sem você não sei viver,
Não sei sentir, não sei sorrir.
Não me importa a distância
Não me importam obstáculos
Quero que possamos estar juntos
Sob qualquer circunstância.
Quero que cada novo dia
Seja página escrita a dois
Para que juntos possamos
Chorar ou rir, depois.

Te amo!

Beijos carinhosos!

poetaeusou . . . disse...

*
numa página em branco,
cabe a imaginação desmedida,
e a verdade que não queremos
aceitar, embora as palavras
invisíveis estejam explicitas,
nas muralhas da nossa memória,
,
brisas serenas, deixo,
,
*