terça-feira, 5 de outubro de 2010

~~º~~ Vento... ~~º~~


" Vento...Leva-me em teus braços
Quero contigo trocar loucos abraços
Abraços que me levem vida...

Vento, leva-me em teus braços
vamos voar pelo mar
vamos rosas apanhar
vamos ao céu a minha estrela buscar
Vento, leva-me contigo nos teus braços
Quero a tua música para me embalar
Eu toda cheia de ti e tu de mim
quero a volúpia do teu beijar
Quero vento, contigo ficar.

Nossos segredos, não digas,
pois não vão acreditar...
Não digas, vento, não digas,
como bailei nos teus braços
Não digas, vento, não digas
os momentos que me deste...
Não digas, vento, não digas,
que me levas-te vida
e me deixas-te ficar
como uma folha caída
que tantos pés vão pisar.. "

8 comentários:

Mulher Abstrata disse...

Que o vento do amor leve e traga num balanço gostoso...
acalentando este sentimento bem no peito
e o coração sentirá este vento entrando
e até devastando, porque não cada canto do interior amante



Lindo, lindo MY ANGEL


beijos

João Lenjob disse...

Suas Expressões
João Lenjob

Decorei cada traço de suas expressões
Tanto que não durmo sem pensar em seu sorriso
E não acordo sem me felicitar com seu olhar
Penso em seu jeito, suas mãos, seus toques
A sua voz que ecoa marcas em meu ovido
Impressionante, delirante, cintilante.
Suas expressões me tocam, me presenteiam
Me exibem a doçura completa de seu ser
Me chamam, me clamam, me seduzem
Meus olhos quando fechados, lhe encontram
E jorra em mim a alegria de tê-la conhecido
Chove em mim a gratidão infinita de tê-la vivido
De tê-la conquistado e não perdido
De tê-la intensamente amado.

Pelos caminhos da vida. disse...

Vento...Leva-me em teus braços
Quero contigo trocar loucos abraços
Abraços que me levem vida...

beijooo.

Sonhadora disse...

Minha querida
Um maravilhoso poema.

Não digas, vento, não digas,
que me levas-te vida
e me deixas-te ficar
como uma folha caída
que tantos pés vão pisar.. "

Adorei.

Beijinhos
Sonhadora

SILVIA disse...

Y que bueno sería dejarse mecer por el viento..
y dormirse a su son...
Preciosos versos.
Un fuerte abrazo!!!

João Lenjob disse...

É bom passear por aqui. Informo que tem mais cinco poemas novinhos em meu blog http://lenjob.blogspot.com e peço que se der uma passadapor lá, não deixe de dar uma olhada na barra à direita do site que tem muita coisa interessante, tá? Abaixo um poema.

João Lenjob.

Com Todo Amor
João Lenjob

Não me toque
Nem retoque
Não provoque
Nem reboque o peito meu
Que junto ao seu fez um amor
E fez amor com todo amor
Enfeitador que enfeitiçou
Que atiçou, que assim caçou
E não tem dor, nenhuma dor
Somente cor, beleza e odor
Num coração que já é meu
E junto ao seu fez alegrar
O que era triste
E hoje é esperança
De um olhar como criança
Com a andança de um amanhecer
Diferenciado o renascer
Do dia.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Maravilhoso!!!Doce ...a mais verdadeira poesia!

Obrigada pela beleza!

Um beijo,saudades!

Sonia Regina.

João Lenjob disse...

Olha, hoje eu só vim mesmo avisar que como o meu blog http://lenjob.blogspot.com está completando CINCO ANOS eu postei lá DEZ POEMAS novinhos de presente e aguardo sua visita prometendo voltar aqui para degustar do seu.

João Lenjob.

Rosas Vermelhas
João Lenjob

Foi a alegria que tanto me deu
E das juras que fizemos porém
Das rosas vermelhas que eu lhe dei
Num buquê as promessa tão cheias de amor
Do presente o sorriso sincero tão bom
Da alegria que me ensinou a viver
E da vida que só eu pude dar.

Da pureza do encanto que sentimos
A inocente ternura que nos rodeava
nos mais nobres momentos que soubemos estar
Viver.

Nas rosas vermelhas da vida
O amor nunca fora escondido
Um segredo vale tanto
O brinquedo em encanto de nunca perdido
Viver, você
Perpetuamente num jardim de rosas vermelhas.