sábado, 6 de novembro de 2010

~~º~~ Quero seus braços ~~º~~


Quero seus braços
me envolvendo
num abraço.
Terno, apertado,
demorado.

Quero fazer ninho no seu
peito.

Aspirar seu cheiro.
Quero nossas cabeças no mesmo
travesseiro.

Nossas mãos passeando
em carícias serenas.
E plenas.

Nossas bocas grudadas.
E a falar palavras de amor
quando separadas.

Quero dançar com você
uma canção suave, romântica.
E outra sensual.
Uma música sem igual.

Quero fechar os olhos e ser levado...
Para o paraíso
quero ser transportado.

Quero seu colo.
Seu carinho.
Quero que me ame de mansinho

8 comentários:

silvo disse...

Yo también quiero algo que describes tan bellamente en este poema, um beijinho

Sonhadora disse...

Minha querida
Um belo poema de amor e entrega.


Quero seu colo.
Seu carinho.
Quero que me ame de mansinho

Maravilhoso

beijinhos
Sonhadora

manuel marques disse...

"Quero seu colo.
Seu carinho.
Quero que me ame de mansinho"

Divino minha querida.

Beijo.

Maria disse...

Amiga, lindissimo poema um hino ao amor e á paixão, lindo!
Tenha uma excelente semana
beijinhos
Maria

Joalex disse...

Lindas e intensas palavras, onde o amor tem sempre o papel principal. Inspiração constante!
Beijinhos e uma boa semana.
José Alexandre

SILVIA disse...

Un abrazo sentido, es toda una prueba de amor...
Besos mil!!!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Quie delicadeza de poema, misturada num apelo romântico e sensual. Lindo. Parabéns. Beijos

João Lenjob disse...

Veja hoje no Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com, vídeo da dançarina Melissa Assumpção. Ainda tem muito mais lá. Se gostar não deixe por gentileza de comentar, seguir e indicar em nome da arte brasileira. Abaixo poema meu.

João Lenjob


Presente Em Meu Presente
João Lenjob

Eu tenho medo
Não quero perder-te
Nem deixar-te
Nem que me deixes
Não quero o futuro
E não me preocupo com o passado
Mas hoje nem penso em destino
Porque evito não ter-te ao meu lado
Evito pensar em meus caminhos
Porque nem sei ver-te distante
Nem tão longe e nem pouco longe
Somente presente em meu presnte.