terça-feira, 30 de junho de 2009

~~ºº~~ Insónias ~~º~~


A noite chegou e já partiu

Trouxe estrelinhas a brilhar

E o branco suave do luar

Mas o sono ninguém o viu,

 ...

 Queria tanto poder dormir

Esquecer esta solidão

Que trago em meu coração

E que teima em não partir,

... 

 Mas o sono é tão teimoso

E não vem p´ra me mimar

E assim não posso sonhar

Um sonho d´amor maravilhoso,
...

 De manha solto um lamento

A noite triste e fria já passou

Meu coração não descansou

Não descansou meu pensamento,

 ...
 
Estou cansada de esperar

pelo meu cavaleiro andante

Que pelo mundo anda errante

E não sabe onde me encontrar....

 ...

25 comentários:

Tony Amesty disse...

Disfruto con cada una de tus palabras, las coocas en su sitio justo creando una composión perfecta.

Un abrazo

Alvaro Oliveira disse...

Amiga PRINCESINHA

Estas Insónias vão em breve desaparecer, com a chegada
não do cavaleiro andante,
mas por certo de um Principe
que lhe acalente a alma e
suavise o coração. e então
não mais haverá noites de
insónias, mas sim noites de
em que abundarão constelações
de sonhos lindos onde não faltará o amor.

Com o meu carinhoso beijo, lhe deixo o mais luminoso raio de luz,
para a deixar radiante neste dia
de sol ameno.

Alvaro

Everson Russo disse...

Menina que lindo, ando assim tambem, esperando tanto das madugadas e elas só me trazem solidão e insonia...belissimo poema...beijos e um dia muito lindo pra ti...

(Carlos Soares) disse...

Ai, insònia. Também tenho,amiga. De uns meses para cá,até que não muito.Mas vejo que você como eu,tira um certo belo proveito dela,escrevendo esse belo poema.Beijos

Bela disse...

Passei para deixar um beijo.
Lindo o seu poema!

caminante disse...

Te encontrará. Estoy seguro. ¿Cómo pasarías desapecibida?

Beijos

Majoli disse...

Me leio nessa poesia, minhas madrugadas são de insônia, são de espera...são de sonhos não realizados.
Beijos na alma.

Adolfo Payés disse...

Cuando llega la noche y nos entregas a la espera de amor.

bellisimo

Saludos fraternos con cariño.
Un abrazo
Besos

oscaralberto disse...

El amor llegara siempre a golpear la puerta..

besos para ti
Oscar

silvo disse...

No te canses nunca Princesa, además rte inspira para escribir tan bello, im beijo y bom día

angela disse...

O jeito é sonhar acordada enquanto espera seu amor.
Quem já não ficou assim?
beijos

manuel marques disse...

Passei para te desejar uma noite de bom ó-ó com sonhos cor de rosa.

Beijo.

Meg disse...

Belo poema sem sono!
Transmissão de um sentimento, claro e simples, com uma linguagem recheada de beleza
abraço
Meg

Conceição Duarte disse...

Princesa que lindo seu primeiro poema, preciso fazer um mergulho aqui e ler todos os seus posts... QQ dia farei isso, vc vai ver...
Adorei seu comentário no meu blog falando da borboleta e assim, parece mesmo que vc tem toda razão!

Grande beijo, fique com Deus, CON

Fatima disse...

Ah insónia!
Tb gosta muito de ser minha amiga e o pior o meu principe encantado já chegou e dorme como criança.
Bjs.

A.S. disse...

Princesa...

Lindo o teu poema!!!

Deixo-te um beijo!

Mundo Animal. disse...

.... __...--~~~-. _ _.-~~~--...__
....// __.MUNDO._ !_.-~~--...__ \\
..// __...--~~~- ._ !_.-~~~--...__ \\
// ___.....---~~._\ ! /_ ANIMAL !.\\
===========\\!//========--
Te deja sus saludos y buenos deseos
gracias por tu compañia , abrazos.

(“)_(“).-“”’-.,/)
; ° ° ‘; - ., , ‘ )
(♥_, )’__,)’-._)

Maria Emília disse...

Princesa,
Penso que a solução passa exactamente por dormir e descansar para poder pensar. Não há cavaleiros errantes nem outros que mereçam a perda da nossa saúde.
A imaginação não tem limites. O futuro é tão bom e feliz quanto nós o quisermos imaginar.
Um beijinho,
Maria Emília

meus instantes e momentos disse...

lindo post. Muito bom teu blog.Me faz bem voltar aqui.
Maurizio

margusta disse...

Um dia ele vai te encontrar..um dia vais encontrar o Amor!

Abraço!

BONDEARTE disse...

Pra Voce Princesa, te espio do outro lado do muro, e espero o momento certo de invadir teu reino.

Todo começo é involuntário.
Deus é o agente,
O herói a si assiste, vário
E inconsciente.

À espada em tuas mãos achada
Teu olhar desce.
"Que farei eu com esta espada?"

Ergueste-a, e fez-se."
(Fernando Pessoa)
BEIJOS
Boa Semana

Nike disse...

"Queria tanto poder dormir

Esquecer esta solidão

Que trago em meu coração

E que teima em não partir,"

Lindo teu poema Princesa
Eu também queria dormir um sono tranquilo, sem me preocupar com o amanhã... viver na solidão é terrivel!

Um beijo

Nanda Assis disse...

linda sua poesia.
o amor tira o sono.

bjossss...

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Princesa!

Não perca a esperança.Já viu princesa que não termina com o príncipe encantado no final da história?

Brincadeira à parte,muito bonito o seu poema!!!

Beijo!Sonia Regina.

Daniel Savio disse...

Aff, já pensou que a tristeza que colocou em volta de tua pessoa pode estar te cegando para alguém que te ama?

Fique com Deus, menina Princesa.
Um abraço.