sábado, 6 de junho de 2009

~~-~~ Longa é a noite ~~-~~


Longa é a noite... tão completa e bela...
A manta negra de silêncio feita...
Onde de branco a Lua vai, singela, 
Dançando um surdo cintilar... perfeita...

Longa é a noite... e aqui, à luz da vela,
Entre estas sombras, só... insatisfeita,
A dor suprema chega pla janela 
E no meu coração... então se deita...!

Longa é a noite... agora em meu viver...
E eu não sentir amor é ser desgraça;
É ser noite que o dia nunca abraça

Ou vida já esquecida de viver...!
Sou laje... cova... túmulo desfeito...
Longa é a noite... agora... no meu peito!...


12 comentários:

BC disse...

Olá princesa, venho de mansinho porque vou sair, mas li o teu comentário e não percebi a quem te referias.
Se era alguma coisa generalizada ou era para mim_________como a postagem era mãe e filhos, não entendi, eu logo volto pode ser que não tenha percebido onde quiseste chegar.
BEIJO

Alvaro Oliveira disse...

Olá Princesa

Lindo soneto,a fazer-me recordar
a poesia de Florbela Espanca.
sua inspiração poética é iluminada
por uma aura indisível.

Um bom dia para si

Um beijo

Alvaro

Adolfo Payés disse...

Mi bella princesa que dulzura d versos. eres alma llena de vida


Te dejo mis saludos fraternos con mucho cariño...

Un abrazo muy grande
que tengas un buen fin de semana

besos

Vem desfrutar do Amor de Deus disse...

Noites longas não são muito boas, mas as vezes nos proporciona decisões, ajudam nas reflexões..
Bjs e lindo final de semana
Marcia
Perth Amboy - NJ

Batom e poesias disse...

Um lindo soneto de tristeza e solidão...
Que seria dos poetas sem a dor da inspiração?

Parabéns
bjs
Rossana

oscaralberto disse...

Bello Princesa

Cómo me gustan tus poemas, realmente bellos, me llegan, me tocan..

Lindo fin de semana
Beijos mil

manuel marques disse...

nas longas noites de frio
um bom vinho, um edredon
dois corpos no cio...

Beijo querida amiga.

PCR disse...

Lindo poema!

Parabéns.

beijo

Duarte disse...

Versos que estão impregnados de dor, pela noite dentro...

Bonito soneto. Para mim a mais bela das manifestações poéticas.

Beijinhos, embebidos pela emoção causada

Ailime disse...

Princesa,
Um lindo soneto!
Por vezes nas nossas vidas acontecem "longas noites", "desertos"...
Podem ser momentos de eleição para reflexão!
Também nos grandes desertos, existem belos oásis e após "grandes tempestades, vem a bonança"!
Votos de que mais logo o sol ilumine o teu dia!
Beijinhos.

Sonia Schmorantz disse...

"Conte a sua história ao vento,
Cante aos mares para os muitos marujos;
cujos olhos são faróis sujos e sem brilho.
Escreva no asfalto com sangue,
Grite bem alto a sua história antes que ela seja varrida na manhã seguinte pelos garis.
Abra seu peito em direção dos canhões,
Suba nos tanques de Pequim,
Derrube os muros de Berlim,
Destrua as catedrais de Paris.
Defenda a sua palavra,
A vida não vale nada se você não
viver uma boa história pra contar."
(Pedro Bial)

Na impossibilidade de entrar em detalhes, como eu gostaria imensamente como todos amigos que tenho, venho trazer um pouco de poesia e desejar que seu domingo, sua nova semana seja de mil cores, que tenhas muitas alegrias!

Um abraço

Sônia

meus instantes e momentos disse...

passando para te desejar um bom final de domingo. e uma ótima semana,
Beijos.
Maurizio