sábado, 2 de maio de 2009

~~ºº~~ Flores no meu caminho ~~ºº~~


Encontro flores em meu caminho.
- Quem as plantou? Você!
Ás vezes colho-as somente para sentir
teu amor mais presente.
Ás vezes apenas observo-as,
mas as tenho sempre perto de mim.
Através dos meus olhos
deixo existir uma metamorfose, vou
transformando violetas em lírios,
vermelho em amarelo.
De repente, tudo se colore.
O meu jardim é a cor dos
teus olhos.
No vale da minha vida
observo o por do sol
azuis e brancos.
As flores enfeitam o leito
dos meus sonhos,
e nestes sonhos busco em detalhes
o teu corpo, a tua presença
que vem e vai!
No jardim da minha vida te desenho,
detalhes por detalhes.
Posso sentir o teu cheiro
misturando-se com o perfume
das rosas.
Posso sentir o calor dos
teus abraços me aquecendo,
me excitando, com o calor do meu sol
no verão mais quente deste sábado.
No jardim da minha vida
eu consigo te tocar.
Tuas mãos que deslizaram meu corpo
suavemente,
agora colhe flores em homenagem
ao nosso amor.
Através das flores eu chego até você
Suavemente,
freneticamente,
Simplesmente!

6 comentários:

rui disse...

Princesa....... que lindo texto
que bela montagem ...Parabens..

Até nos sentimos o cheiro das flores....numa area cheia de amor.
este seu jardim tem uma terra cheia
de carinho...amizade ..desejo..
AMOR.....até o Sol....sabe o porquê de o aquecer..........

bom fim de semana.........
fique bem .....
um beijooo.Princesa
Rui

Princesa disse...

Rui
obrigado mais uma vez pela sua visita sempre agradável realmente as flores nos animam sempre a alma as flores fazem parte do amor, que florido tem sempre outro sentido e a amizade é a coisa mais importante da vida.
Um beijo amigo e um bom fim de semana Rui
Princesa

Anne Lieri disse...

Princesa,poesia tocante e de uma amor muito florido em lindos versos!Abraços,

Princesa disse...

Anne Liere
quando se ama de verdade o amor tem que ser florido e nos tocar o coração, o meu estado de espirito é assim florido e com muita paz porque tem muito amor pelo meio
um abraço bom fim de semana

kitten disse...

Lindo poema!

manuel marques disse...

Galante conquistador, dispersando o pólen das flores, o vento faz uma boda universal .

Beijos querida amiga.